segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Relatos de Anny- VIII

Com o tédio de uma segunda em plena sexta. É exatamente assim que me sinto. As horas não passam, não que eu tenha qualquer motivo para que tenha pressa de que passem, mas eu simplismente esperava que este dia acabasse rápido. Tempos atrás, eu estaria me arrumando para sair com ele, mas novamente fui trocada por sua nova profissão. Ele diz que tem uma importante reunião, não ousei interrompe-lo. Esses últimos dias, ele apresenta cada vez mais reações de que me ver não lhe proporciona a mesma sensação boa de antes. Não era de se esperar outra coisa, nunca fui alguém especial que saísse proclamando um de seus poemas para surpreende-lo, nem ao menos lhe dedico o especial olhar “eu estava te esperando” ultimamente. Na verdade, não sei quem mudou mais. Não o tenho esperado com tanta ansiedade. Será o fim do amor? Se for, amor então não era. Às vezes a nostalgia confunde o que sentimos: se algo já foi bom não quer dizer que obrigatoriamente vai continuar sendo. Mas incrivelmente, quando o vejo sorrir é como se eu estivesse naquela tarde em que ele me emprestou o seu casaco e voltamos arrastados pelo forte frio que o vento proporcionava. Eu lhe tenho amor ao sorrir, mas não mais ao dono do sorriso. Confissão adiada? Não há um certo ponto fixo a frente para o qual iria ocorrer alguma coisa para chamar isso de algo precipitado. Me despeço agora, confusa e em pedaços por tal crueldade comigo e com ele em pensamento, pretendo acordar melhor amanhã, mas venho acordando do mesmo modo a meses.


Adeus, querida criadora.

9 comentários:

  1. Seu log é um dos que eu indico no meu, e um dos que eu smerpe leio, parabens, adoro seus posts..

    viim deixar um lembretinho, rs

    http://afelicidademeacompanha.blogspot.com/

    NOVOS POSTS, com novas frases e novas ideias! Dá uma passada no meu blog *_* Seguee, Comente, Indique!! *_* beeijos, tt: @_LaahLimaa

    ResponderExcluir
  2. Saudades dos Realtos da Anny .

    ResponderExcluir
  3. Vejo muito de Vânia em Anny

    ResponderExcluir
  4. Desatenção enquanto falo, para alguém que preza tanto as palavras e nuanceas em uma conversa, é quase um crime imperdoável.
    Seus insistentes ataques ao meu caráter e seus erros de concordância em nossos diálogos mais formais apagam por horas e às vezes por dias o amor que sinto.
    Sempre me questiono por que estamos juntos se somos gritantemente diferentes. Sua instabilidade e pouca paciência tornam-na perigosa. Minha racionalidade zela por mim.
    Odeio sua inconstância.
    Como já te disse uma vez olhando em seus olhos: O problema é que sou sempre eu quem está errado!
    Quanto mais próximos e mais tempo juntos, mas
    conhecemos a natureza real de quem dorme em nossa cama.

    P.S.: Que bom que voltou a publicar seus textos.

    Assinado: Aquele que não existe.

    ResponderExcluir
  5. Hoje, sinto meu coração em pedaços. Seu aniversário se aproxima e não estamos juntos.
    Sinto a mesma dor de antes, como se não tivesse passado um ano.
    Amargo é o sabor por tê-la deixado para trás.
    Perdoe-me pela dor terrível que casei.
    Por favor, Preciso disso antes que eu morra por dentro.

    Sempre a amarei. Da minha forma caótico, mas sempre a amarei.


    P.S.: Qualquer semelhança é mera coincidência.

    Assinado: Aquele que não existe.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pessoal, agradeço a todos vocês pelo imenso carinho que ainda me concedem, mesmo após minha ausência.

    E sim, a Anny tem muito de mim, um dos defeitos de minha personagem.

    Que saudades de seus comentários, Aquele que não existe. Recordo-me de quantas horas passei tentando entender e responder seus comentários,que, por sinal, são ótimos, intrigantes, e sempre bem vindos neste blog, que é em partes de todos os meus seguidores e visitantes.

    Um beijo em todos vocês, Vânia C.

    ResponderExcluir
  7. prof david de jales16 de setembro de 2011 16:45

    Do véio david de jales
    Voce escreve em 22/8: mas venho acordando do mesmo jeito ha meses. Isso é a impaciencia. Voces jovens com um grande tempo para a frente são mais impacientes que nós.Isso é bom, voces não querem perder o tempo que nós perdemos. Arriba.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante o Blog,
    Gostei muito do que vi por aqui.
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir
  9. http://www.youtube.com/watch?v=aZJbljclhj8&feature=grec_index

    ResponderExcluir